” Mãe, eu (e tu) vamos com as aves”

“como  estás?” … estou com uma asa ferida … e felizmente só alguns sabem o quanto isso doi. são Eles que nos dão as asas e nos ensinam a voar… LIVRES… sem nos escolherem os caminhos mas estão sempre alerta e orientam-nos como se fossem faróis . nem que se seja o caminho a não seguir … e quando esse é a nossa escolha estão lá presentes e connosco  também . são os nossos pilares. o colo sempre à espera e com o qual podemos sempre contar. são como se fossem as nossas  asas mesmo quando nos ensinam a ganhar as nossas próprias. E porque os nossos heróis e heroinas também se ferem. cá estamos para ajudar a curar a ferida dando o nosso melhor porque afinal a ferida também é nossa e altos voos nos aguardam… não há sequer a hipótese de falhar! “Mãe, eu (e tu) vamos com as aves” (RJ)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s