Há escolhas que não se fazem. Fundem-se, intercalam-se.

Dizem de Diónisos ser o da embriaguez, das festas, dos prazeres, do vinho e da insânia que nos torna cambaleantes em espiral de fusão.Dizem que se opõe a Apolo, o da perfeição e da sobriedade. Eu voto nos dois!
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s